Aberto o prazo para participar na I Bienal Internacional de Mail Art Zeca Afonso

A Associaçom José Afonso – Galiza organiza a I Bienal Internacional de Mail Art Zeca Afonso sob a temática das línguas minorizadas para reflectir situaçons de subordinaçom idiomática tanto do galego como das existentes noutras partes do mundo. As pessoas interessadas em participar tenhem de prazo até 1 de Maio; as bases e o endereço para enviar as obras artísticas podem ser comprovadas na web http://www.aja.gal

A AJA-Galiza escolheu o suporte do Mail Art para esta actividade criativa com o fim de tornar visível a situaçom das línguas em conflito, das que também se fixo eco José Afonso. A exposiçom inaugural realizará-se en Maio de 2019, ligada às celebraçons do Dia das Letras Galegas, que comemora a literatura em língua galega. No final do período expositivo, a AJA Galiza editará um catálogo digital de todas as obras, que será remitido às pessoas participantes por correio electrónico junto com um certificado digital que acredite a sua participaçom.

Mail Art é a denominaçom que se emprega para designar umha actividade artística que utiliza como meio de expressom a distribuiçom postal. Estes envios postais podem ser desde mensagens, collages ou consignas até poemas, relatos curtos ou pinturas.

Poderám participar nesta bienal todas as pessoas que o desejaren, profissionais ou amadoras, com um máximo de três obras originais e com técnica livre. As obras deverám ser originais ou reproduçom adaptada para o formato postal de obras originais. Todas as obras deverám estar livres de direitos de terceiras pessoas, assumindo esta responsabilidade a pessoa que envia a postal. O único formato admitido para este concurso será o postal, com um tamanho máximo de 15 x 9 cm (6 x 3,5 polgadas) para oferecer um melhor discurso expositivo nos distintos espaços destinados para isso.

Nom serám aceitas obras sexistas, homofóbicas ou contra os valores democráticos, polo que a admissom das postais fica sujeita à valoraçom prévia por parte de membros da AJA Galiza.

As obras recebidas poderám ser expostas em distintos espaços tanto físicos na Galiza e em Portugal, aproveitando a rede de que dispom a AJA Portugal, quanto virtuais através da web www.aja.gal ou nas redes sociais de acordo com a pretensom de difundir a iniciativa. A informaçom referente aos locais e às datas de exposiçons estará disponível no website da AJA Galiza e também nos seus perfis das redes sociais.

Ir para as bases

7 dias atrás

AJA Galiza

Todo o nosso apoio e solidariedade com a Gentalha Do Pichel, que acabou de sofrer um novo roubo com desperfeitos. Máis do que nunca compre apoiar os centros sociais como espaços abertos, críticos e populares, sempre abertos a colaborar com associaçons como a nossa. Um abraço Gentalha! 🌹PILHAGENS OU REDES DE SOLIDARIEDADE?

Recentemente a Gentalha do Pichel tem sido vítima dum par de roubos no local social e agora sabemos que furtos do estilo estám a suceder-se também em pequenos negócios e mesmo associaçons e sindicatos.
Se bem no nosso caso nom supugérom quantias económicas muito importantes, sim gerárom significativos desperfeitos materiais e mermárom a caixa já de por si modesta nos tempos que atravessamos.
Da Gentalha somos conscientes de que as condiçons de vida da nossa classe estám cada vez mais depauperadas, situaçom agravada pola crise derivada da pandemia. Somos conscientes também de que pretendem divulgar o medo através da manipulaçom mediática que sobredimensiona as consequências de ocupaçons de vivendas e dos roubos em grandes propriedades para conseguir que sejamos as de abaixo as que demandemos mais controlo policial e medidas legáis que nos deixem indefesas perante a classe dominante.
Conscientes de todo isto também queremos manifestar o nosso firme rechaço a quem rouba e dana em pequenas lojas ou negócios locáis da vizinhança e ainda mais em projetos autogeridos que, como a Gentalha, nom tiramos qualquer lucro individual e tenhem como única razom de ser o benefício coletivo.

Face o individualismo e o "salve-se quem puder" que nos impóm o capitalismo, da Gentalha mais umha vez propomos redes de apoio mútuo, solidariedade e organizaçom coletiva.

Só o povo salva o povo.
... Ver maisVer menos

Ver no Facebook

2 semanas atrás

AJA Galiza
Ver no Facebook